explorerdigital.blogspot.com

O melhor conteúdo sobre computadores, celulares, notebooks, gadgets e tecnologia pessoal. Dicas, tutoriais, downloads, e muito mais ...

Compras pela televisão: um futuro cada vez mais próximo

Gostou da gravata do William Bonner? Compre-a pela própria televisão! É o futuro nas telas da sua casa. 

Por Renan Roesler Hamann  | 8 de Dezembro de 2010


Esqueça tudo o que você sabe sobre compras pela televisão! Comerciais repetitivos de vários minutos nas grades de programação ficarão na história! O motivo? É simples, a internet chegou aos televisores e trouxe possibilidades que poucas pessoas imaginavam até então.
Como você pode conferir no Guia de Compras que o Baixaki preparou para este final de ano, vários aparelhos com acesso a redes com ou sem fio já começaram a ser vendidos aqui no Brasil. Nos Estados Unidos, na Europa e no Leste Asiático, este tipo de tecnologia já está mais consolidado, não apenas nos televisores como também em aparelhos como AppleTV e GoogleTV.

Como será o futuro?

A Google fez algumas previsões de como estará o sistema de anúncios publicitários nos televisores até 2015. Segundo os estudos da empresa, até 50% de tudo o que for transmitido possuirá anúncios integrados. Mas eles não serão vistos por todos os telespectadores, apenas por aqueles que optarem por isso, da mesma maneira que acontece hoje no YouTube.
Será o futuro?
Desta maneira, as propagandas não custariam para os anunciantes o tanto que custam hoje, pois a base da medida das cobranças seria feita apenas após a campanha. Em vez de ser cobrado pelo índice de audiência médio do horário, o cálculo seria realizado sobre o número de usuários que clicaram para assistir ao comercial.
Como as propagandas seriam vistas apenas por públicos específicos e, dentro deste universo reduzido, apenas os interessados nos produtos assistiriam ao comercial posteriormente. Calcula-se que, em média, 50% das pessoas que visualizassem as propagandas comprariam os produtos no mesmo momento ou após um prazo muito curto.
Um botão para comprar
Algumas novas formas de medição de sucesso das campanhas também surgirão. A interação dos usuários permitirá que sejam feitos questionários sobre as impressões de cada um, além de medições relacionadas ao número de buscas na web nos horários próximos à veiculação dos comerciais.

Comerciais personalizados

Você já reparou que os sites em que você navega só mostram propagandas relacionadas aos seus interesses? Isso é a publicidade 2.0, ou seja, a publicidade que sabe o que você procura. Para isso, são verificados os termos que você mais busca e assim por diante, sempre pensando em otimizar os resultados das campanhas veiculadas.
Compras em tempo real
Com os aparelhos de televisão integrados à internet, algo muito parecido passará a ocorrer. O sistema reconhece os gostos pessoais de cada um e sabe que “não adianta tentar vender shampoo para carecas”, ou seja, ele sabe que para certos públicos há produtos que funcionam e outros que não são procurados.
Por isso cada telespectador receberá em sua tela uma forma personalizada de publicidade. Contando com anúncios específicos, direcionados ao modelo de consumo de cada um.

Em termos práticos

Se você acha que bastarão dois cliques para comprar o vestido da protagonista da novela, você tem toda a razão. Muitos comerciais serão embutidos à programação desta maneira, permitindo que os telespectadores possam adquirir os itens mostrados nos programas em apenas alguns segundos.
Muitas compras serão possíveis
Isso já ocorre nos Estados Unidos. Uma parceria entre a Amazon e a TiVO possibilita que produtos mostrados em talk shows, por exemplo, sejam comprados com alguns cliques. Atores e escritores que estão no programa da Oprah podem vender seus filmes e livros para os assinantes da TiVo pelo televisor.
Hoje, um telespectador pode perceber muitos produtos inseridos na programação de qualquer canal. Eles estão lá por um preço bastante salgado, ainda mais quando os personagens interagem com eles, sejam latas de refrigerante ou postos de gasolina. Os consumidores assistem, ficam interessados e compram estes produtos ou contratam serviços.
No futuro, este caminho entre programação e compra será encurtado. Em vez de o consumidor precisar ir atrás dos fornecedores, será possível contratar serviços ou comprar produtos pelo próprio televisor.
Prepare o seu cartão
.....
É lógico que ainda estamos um pouco distantes desta realidade ser tão bem consolidada, mas é necessário admitir que a tecnologia caminha a passos largos para tornar todos estes recursos possíveis. Hoje as principais barreiras para a entrada de televisores com internet no Brasil é o valor dos aparelhos, mas a tendência é que isso seja combatido com o tempo.
Depois que a tecnologia estiver bem estruturada, será necessário reeducar o mercado publicitário, que precisará aprender a utilizar este novo modelo de comunicação interativa.
Mas agora conte para o Baixaki: quais são as suas expectativas para este novo modo de publicidade na televisão? Será realmente possível comprar as joias da protagonista da novela com alguns poucos comandos no controle remoto?

Fonte: Baixaki

Leave a Reply



Seu Comentário é bem vindo!
Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, ultilize o Formulário para contato.

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!