explorerdigital.blogspot.com

O melhor conteúdo sobre computadores, celulares, notebooks, gadgets e tecnologia pessoal. Dicas, tutoriais, downloads, e muito mais ...

Quais recursos devemos esperar no Windows 8?

Algumas expectativas estão aparecendo, mas pouco se sabe sobre as mudanças do novo Windows. Confira alguns palpites que podem virar realidade. 

Por Fabio Roberto Machado Jordão | 23 de Novembro de 2010


No dia 20 de novembro de 2010, o Windows completou 25 anos de existência. A trajetória do sistema teve diversos altos e baixos, exemplos bem claros são o Windows XP (que teve ótima aceitação) e o Windows ME — um dos sistemas mais odiados de todos os tempos.
Acontece que já faz algum tempo que a Microsoft vem surpreendendo os consumidores. Apesar de o Vista não ter gerado bons comentários, ao menos foi a base perfeita para o a atual versão do Windows. Aclamado por muitos e alcançando a incrível marca de 240 milhões de cópias vendidas em apenas um ano, o Windows 7 mostrou-se evoluído e ideal para os usuários.

O Windows 8 vem aí

A sétima versão do Windows agradou muito, todavia existe uma série de pormenores que deixaram alguns usuários frustrados. Para consertar isso e introduzir melhorias, a Microsoft vem elaborando o Windows 8. Apesar de boatos estarem se espalhando há algum tempo, pouco se sabe sobre os novos recursos.
Logo falsa do Windows 8
Para alimentar a curiosidade de todos, fomos atrás de informações confiáveis, aliás, não tão duvidosas. Queremos frisar que as novidades apresentadas neste texto podem não estar presentes no Windows 8 ou serem modificadas até o lançamento do produto.

Tempo de inicialização instantâneo?

Um dos problemas mais criticados no Windows está diretamente relacionado com a enormidade de bibliotecas necessárias para o funcionamento do sistema. Apesar de o Windows 7 ter solucionado parte do problema, muita gente quer ver o novo sistema pronto para uso em menos de 20 segundos.
Outros já são mais exigentes e querem que o PC funcione como a TV: ligou e está no Windows! E talvez a inicialização instantânea seja possível, pois uma imagem — que possivelmente faz parte de uma apresentação da Microsoft — mostra que a funcionalidade está em discussão.
Possível imagem de discussão sobre novos recursos do Windows 8
Fonte: site Windowsette
A solução pode estar relacionada com o uso de cartões de memória, os quais devem acelerar a inicialização com arquivos básicos. O desafio não é fácil, mas não é de se duvidar que a Microsoft invista nesse aspecto, pois os sistemas concorrentes também trabalham nesse sentido.

Suporte para USB 3.0 e melhorias para o armazenamento

Suporte nativo para USB 3.0

As portas USB 3.0 já estão aparecendo em muitos notebooks e placas-mãe, mas os drivers para o novo padrão estão sendo fornecidos pelas fabricantes. Ao que tudo indica, a Microsoft deve implantar os drivers no Windows 7 no começo do ano que vem, no entanto, o suporte nativo (sem a utilização de pacotes adicionais) só deve estar presente na oitava versão do sistema.
Outro ponto que necessita de atenção especial está diretamente relacionado com a evolução dos discos rígidos. Atualmente já é possível encontrar modelos com mais de 2 TB, os quais não são apropriados para inicialização do Windows — ao menos nas versões de 32 bits do 7 e Vista.
Apesar de ser quase certo, não podemos afirmar que a Microsoft vá implantar tal suporte. No entanto, tudo indica para essa evolução, visto que os Windows 7 e Vista de 64 bits já permitem a formatação em GPT e o uso de bootloaders (sistema de inicialização) UEFI.

Reconhecimento facial, sensores e melhorias nos comandos de voz

Se no Windows 7 já temos ótima funcionalidade dos leitores biométricos, não há porque não apostar na adição de recursos como o sonhado “reconhecimento facial”. No Windows 7 já é possível usar tal recurso com o auxílio de um aplicativo à parte, mas na oitava versão do sistema tal característica seria nativa.
Além desse detalhe, uma série de sensores deve ser suportada pelo Windows 8. Alguns boatos indicam que sensores de luz poderão estar presentes no sistema, recurso que analisará a luz ambiente e ajustará o brilho da tela para não prejudicar a visão.
Os comandos de voz no Windows não são novidades, porém melhorias para o reconhecimento e resposta aos comandos de voz serão bem-vindas e os boatos mais do que nunca confirmam tal recurso no Windows 8. Sensores para usar as funções “Dormir” e “Acordar” também devem estar presentes, ainda que não sejam funções muito requisitadas.

Sistema otimizado para netbooks e tablets

No que diz respeito ao futuro do Windows, os palpites indicam que a Microsoft criará uma versão aprimorada do sistema que seja perfeita para os portáteis. Atualmente algumas fabricantes já estão lançando tablets com o Windows e em um futuro breve o Windows 8 deve invadir tais dispositivos.
Para smartphones o mesmo não deve acontecer, pois o Windows Phone 7 acaba de sair e a Microsoft deve investir no sistema de celular independente da evolução do Windows para desktops.
Falando em portáteis, não poderíamos deixar de lembrar-nos de um detalhe que pode ser melhorado: o gerenciamento de energia. Ainda que o atual sistema da Microsoft faça sua tarefa com louvor, para muitos notebooks ele mostra-se ineficiente e com alguns ajustes a desenvolvedora do sistema poderia ajudar os consumidores a obter mais tempo de bateria.

Parte do sistema na nuvem

Novamente chegamos ao famoso termo “nuvem“. A web dominou e o futuro do Windows promete estar entrelaçado com os serviços da internet. A Microsoft já possui alguns recursos para adicionar ao Windows 8. Um deles é o SkyDrive, que quando integrado ao Windows, possibilitará a transmissão de dados de maneira parecida com o que temos no Dropbox.
SkyDrive integrado ao Windows...
Outro software que terá o funcionamento ampliado na nuvem será o Microsoft Office. O Office Live deverá ser parte do sistema e talvez seja uma maneira rápida e fácil para os usuários trabalharem em conjunto. Existe a possibilidade de que tais recursos funcionem de maneira parecida com o que existe na Xbox Live.

Suporte para 128-bit

O suporte para processadores e aplicativos 64 bits é bem recente, no entanto, um rumor indica que a Microsoft vai adicionar o suporte para novas CPUs que trabalhem com 128 bits. E com tal ”notícia” espalhada pela web, choveram sites divulgando que a AMD está preparando um Bulldozer com a nova tecnologia.
Windows 8 e 128 bits... será mesmo?
Talvez as informações iniciais sobre o Bulldozer foram totalmente distorcidas. Não há como afirmar se o Windows 8 ou o AMD Bulldozer terão suporte para 128 bits, entretanto a possibilidade existe, ainda mais que a AMD declarou estar trabalhando em algo totalmente novo quanto à arquitetura de seus processadores. Esperemos para ver...

Lojas de aplicativos e jogos

A loja de aplicativos faz falta para o sistema da Microsoft, ainda mais que nem sempre é possível baixar os programas nos sites de desenvolvedores. Com a adição de uma loja de aplicativos tudo ficaria mais fácil para o usuário e também para os desenvolvedores.
Imagem do Steam
Boatos sugerem que a Microsoft vai criar uma loja com interface parecida ao que se vê no Zune. Tal loja poderá ter compatibilidade com o Windows para tablets e oferecerá aplicativos da própria Microsoft, de terceiros e drivers para todos os tipos de dispositivos.
Junto com a loja de aplicativos, rumores indicam a criação de uma loja de jogos — bem parecida com o Steam. A ideia é genial e a Microsoft teria muita chance de dominar a área, visto que a maioria dos jogos está disponível apenas para Windows. Além do mais, uma parceria entre as desenvolvedoras e a Microsoft não seria difícil, afinal, isso já existe no Xbox 360.

Esperamos muito mais...

As “novidades” acima possuem grandes chances de aparecem no Windows 8, todavia existem muitas coisas que todos gostariam de ver no próximo Windows. Entre elas podemos citar: a formatação do disco sem a perda de dados, o aperfeiçoamento e melhor uso da virtualização, o Windows Media Center mais rápido e fácil, e muito mais.
O foco do novo WIndows
Fonte: site Windowsette

O usuário deve ser o foco! Você não concorda?

Bom, com tantos possíveis recursos apresentados, não há como prever qual será o rumo do novo Windows. Para nós do Baixaki, o melhor passo que a Microsoft poderia dar seria no investimento de um sistema focado no usuário e não no próprio sistema.
Como fazer isso? A Microsoft já tem a receita e você também já deve saber: basta facilitar e integrar softwares e dispositivos que se conectem com o sistema operacional. E isso não quer dizer acabar com a liberdade do usuário, porém investir em um ambiente que ofereça somente os recursos úteis ao usuário final. Qual sua opinião?

Fonte: Baixaki



Leave a Reply



Seu Comentário é bem vindo!
Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, ultilize o Formulário para contato.

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!