explorerdigital.blogspot.com

O melhor conteúdo sobre computadores, celulares, notebooks, gadgets e tecnologia pessoal. Dicas, tutoriais, downloads, e muito mais ...

10 motivos para abandonar o Windows XP

 Está na hora de aposentar o Windows XP? Conheça alguns motivos para deixar esta versão de sistema operacional de lado. Por Fernando Daquino

O Windows XP surgiu para ocupar o lugar do Windows 2000 e ME. Essa versão do sistema operacional da Microsoft foi desenvolvida com o objetivo de revolucionar a interação entre o computador e o usuário.
Nesse sentido o XP não deixou a desejar na época do seu lançamento. O visual todo azulado e as ferramentas mais elaborados que as dos seus antecessores fizeram a versão liderar o mercado. De 26 de outubro de 2001, data do seu lançamento comercial, até janeiro de 2006, o XP atingiu 400 milhões de licenças vendidas, segundo a IDG News Service. Seu auge ocorreu em dezembro do mesmo ano, quando o SO abocanhou 85% dos usuários.

Mesmo com o lançamento do seu sucessor, o Windows Vista, a versão continuou sendo aclamada pelo mercado. O Vista apresentou uma série de dificuldades de compatibilidade, consumo exagerado de memória e processador que fizeram com que ele não vingasse e fosse esmagado por críticas.
Sem perder tempo, a Microsoft criou o Windows 7 – o qual começou a ser tratado como a obra-prima dos sistemas operacionais. Entretanto, o clássico XP não perdeu tanto mercado quanto o esperado por seus genitores. O bom e “velho” sistema operacional, de acordo com o site de estatísticas para a internet e tecnologias Net Applications, ainda ocupava no mês de agosto de 2010 mais de 60% dos computadores em todo o mundo!

O sistema operacional mais usado no mundo!
A supremacia do Windows XP tem sido derrubada aos poucos, isso é fato e a Microsoft tem tomado medidas que o empurram ao sepultamento. Estaria na hora do XP ser aposentado de uma vez por todas? Conheça dez motivos para deixar de usar a versão de sistema operacional de maior sucesso da história.
1º - Os anos de trabalho têm pesado
Nestes quase dez anos de vida do Windows XP, os softwares e hardwares sofreram drásticos aperfeiçoamentos, exigindo melhor desempenho do sistema operacional. O vovô dos SOs começa a demonstrar sinais de fraqueza. Em meados do ano passado o Baixaki realizou alguns testes com as últimas três versões da empresa do Bill Gates e o resultado aponta o Windows 7 como o mais veloz. Acesse o artigo clicando aqui e confira mais detalhes desta comparação.
O sistema de indexação das bibliotecas do XP é precário se comparado com o xodó da Microsoft, o Windows 7. Neste último, a organização e exibição dos arquivos acontecem em tempo real e segmentando o resultado de pesquisas por categorias de arquivos. Caso tenha a oportunidade de interagir com o Windows 7, digite alguns termos no campo de pesquisa apresentado ao pressionar o botão Iniciar e faça o teste.
Os hardwares da nova geração dificultam a operação do XP.
Outro recurso do XP que está defasado é o chamado “Documentos recentes”. Na versão caçula de Bill Gates essa ferramenta recebe o nome de Jump Lists, que mantém os documentos melhor atualizados e proporciona considerável agilidade em sua acessibilidade.
2º - Pensando em usufruir do IE9? Esqueça!
Na semana passada o Internet Explorer 9 teve sua versão de teste lançada. O Beta do navegador da Microsoft chamou atenção pela total reformulação da sua interface, ganho na velocidade de abertura de abas, melhorias no gerenciador de downloads e maior interação com o sistema operacional. Ficou com vontade de experimentá-lo, não é mesmo?
Infelizmente, temos uma péssima notícia para os usuários do Windows XP: o IE9 não é compatível com tal versão de SO. Para testar os novos recursos do browser mais popular você terá que recorrer aos seus amigos, primos ou o dono da lan-house mais próxima da sua casa. Leia o artigo “O que achamos do Internet Explorer 9” e confira as primeiras avaliações do Baixaki.
3º - O MSN 2010 também está fora da jogada
O XP não suporta o MSN.Não é possível utilizar o Internet Explorer mais atual, tudo bem. Pelo menos as máquinas com o Windows XP mandam mensagens instantaneamente sem qualquer problema. Mandar você consegue, mas não com a novidade da Microsoft para o seu comunicador instantâneo – o qual domina completamente o mercado. O MSN Messenger 2010 é outro aplicativo que não é suportado pelo XP.
Conforme citado anteriormente, ao que tudo indica, a empresa criadora do Windows XP está procurando forçar as pessoas a migrar de versão de SO, cortando compatibilidades do ancião dos sistemas operacionais com os programas essenciais no dia a dia dos usuários. Digamos que essa jogada não é muito justa com seus clientes, mas faz parte dos interesses corporativos. Não conhece o novo mensageiro? Não perca tempo e confira o que adoramos e odiamos no MSN Messenger 2010.
4º - Precisando de maquiagem
Em relação aos aspectos visuais é comum que versões mais atuais tragam novidades que tornem a interface do sistema operacional mais atraente. Do XP para o Vista houve uma mudança brutal do layout e características gráficas. Em relação ao Windows 7 a diferença é ainda mais clara.
Embora muitos ainda prefiram a simplicidade do SO líder de mercado até hoje, a transparência e os níveis de personalização do caçula da Microsoft dão um ar mais moderno, sofisticado e descolado para a máquina.
O Aero Peek (recurso que deixa apenas a janela apontada pelo cursor na Barra de tarefas à mostra), o Aero Snap (sistema que possibilita minimizar janelas apenas sacudindo-as) e a disposição das janelas em qualquer parte da Área de trabalho empurrando-as para as laterais da tela são algumas das ferramentas que garantem a maior praticidade do Windows 7.
É possível incrementar o Windows XP com alguns aplicativos que o deixam mais parecido com a versão preferida da Microsoft. Aqui no Baixaki você encontra uma infinidade de temas, wallpapers e outros softwares nesse sentido. O resultado é bacana, muitas vezes é difícil identificar a diferença entre um XP turbinado e um 7 original. O único contraponto é a possibilidade dessas implementações aumentarem o consumo de memória, o que torna o PC mais lento.
5º - Quer pagar quanto?
Chegamos ao momento de discutir algo que é de suma importância no momento de decisão para o upgrade: o custo do sistema operacional. Pelos recursos oferecidos, o Windows XP era considerado caro para a época em que sua comercialização atingiu seu apogeu – o que lhe dá crédito de qualidade.
Quer pagar quanto por um SO robusto?
Por sua vez, o Vista foi a grande desilusão da Microsoft. Com preços elevados e reclamações incessantes, a versão não teve grande difusão no mercado e já nasceu fadada ao fracasso. O Windows 7 não pode ser considerado o modelo de economia na aquisição de um software. Entretanto, proporcionalmente, a versão mais nova é a mais barata entre as três.
Vale ressaltar que o queridinho da empresa de Bill Gates é o sistema operacional que tem sistema de defesa contra pirataria mais eficaz. As cópias sem certificação existem, mas não são nem um pouco indicadas. Esses SOs crackeados são uma porta aberta para a invasão de pragas virtuais, como vírus e spywares.
6º - Caindo no esquecimento
A intenção da Microsoft em abandonar o Windows XP aliada à difusão de aplicativos em 64 bits (que apresentam melhores efeitos gráficos e desempenho do PC) força ainda mais que os usuários abandonem o sistema operacional companheiro de tantos anos. Os desenvolvedores de todo o mundo estão sendo pressionados a elaborar programas voltados para os modelos mais novos de processadores, memórias e SOs. Isso deve ser percebido daqui a alguns anos pelos usuários.
Quer um exemplo? O Windows XP de 32 bits tem dificuldade em reconhecer mais de 3 GB de memória RAM. Não significa que ele não opere em conjunto com quantias maiores, mas o desempenho do computador não é explorado ao máximo. A tendência de que máquinas saiam de fábrica com quatro e seis gigabytes está cada vez mais próxima da realidade – já possível adquirir pentes de memória de 6 GB em lojas especializadas em informática.
Em alguns anos o XP não será mais vendido e não terá suporte.
O receio da grande maioria dos usuários ao cogitar a ideia de migrar do XP para o Windows 7 é a possível incompatibilidade com os softwares comumente utilizados. O fato é que a versão mais nova do SO da Microsoft possui o Modo Windows XP, o qual possibilita que aplicativos nativos do SO mais antigo sejam instalados sem qualquer problema. Confira como proceder em “Windows 7 com programas para XP sem problemas de compatibilidade”.
7º - Correndo riscos
No que concerne à proteção contra as ameaças digitais, o Windows XP conta com o Windows Security Center (Central de Segurança do Windows). Com a atualização do sistema operacional, o sistema de defesa (chamado agora de Action Center) teve sua capacidade expandida por meio de informações mais precisas e completas sobre os possíveis invasores.
As notificações de problemas, fornecimento de dados de monitoramento e informações relacionadas à manutenção do sistema são mais claras no Windows 7. Nesta mesma versão, as ferramentas de backup e restauração oferecem dispositivos de agendamento para que o cotidiano do usuário se torne mais prático.
Segurança acima de tudo!
Nada disso significa que exista um sistema operacional imune aos malwares e às ações de hackers e crackers. A tendência natural é que os desenvolvedores dos SOs implementem mecanismos que inibem essas ameaças com as novas versões.
8º - Carregando o SO para todo lado
Para os computadores móveis o Windows XP tem seu desempenho reduzido. Neste tipo de equipamento, a economia de consumo de energia é um fator crucial para a aceitação dos fabricantes. Na intenção de poupar a bateria dos notebooks, por exemplo, o Windows 7 disponibiliza gerenciadores de energia mais avançados e eficientes que o seu avô.
A forma como as redes sem fio, também conhecidas como Wi-Fi ou wireless, são encontradas e conectadas acontece com maior naturalidade. Com alguns cliques o jovem sistema operacional estabelece sua conexão com esse tipo de tecnologia, diferentemente do processo cheio de janelas do Windows XP.
9º - Quem não comprou, não compra mais
O domínio de mercado por parte do Windows XP nós já apresentamos no início deste artigo. Mas isso parece não sensibilizar a empresa de Bill Gates. Os responsáveis pela multinacional dizem saber do valor que este sistema operacional tem para seus milhões de clientes mundo afora.
Se você gosta do XP, corra para comprar o seu!
Entretanto, isso não os coibiu a tomar mais uma atitude que visa enterrar o SO que chegará a uma década de vida no ano que vem: as vendas do XP serão encerradas no dia 22 de outubro de 2010. Ou seja, se você é fã incondicional do “velho” guerreiro da computação, deve correr para comprar sua licença. Dê uma olhada na notícia publicada pelo Baixaki referente ao acontecido.
10º - Fim do suporte
Os simpatizantes do Windows XP não estão nada satisfeitos com as ações da desenvolvedora para sacrificá-lo. Como se não bastasse encerrar as vendas e promover incentivos à criação de softwares compatíveis apenas com as versões mais atuais, a Microsoft não dá mais suporte técnico para o Windows XP Service Pack 2 desde o dia 13 de julho de 2010, e o Pack 3 terá assistência até 2014 – conforme política do ciclo de vida de produtos estipulado pela multinacional.
Em outras palavras, caso você esteja utilizando estas versões depois de terem expirado e aconteça qualquer problema, a empresa do Bill Gates não tem a obrigação de auxiliá-lo em nada. Portanto, fique de olho nas datas de encerramento de suporte para o XP e evite futuros transtornos. Para mais informações clique aqui.
Vale a pena fazer um upgrade?
Agora que você já conhece alguns dos motivos para abandonar o Windows XP uma pergunta é inevitável: será que é válida a migração da versão mais usada para o Windows 7? Essa indagação não tem uma resposta ideal. Cada usuário tem necessidades e experiências diferenciadas.
Cada usuário tem suas necessidades.
Entretanto, é irrefutável que o dinossauro dos SOs tem seu ciclo de vida definido pela Microsoft. Depois de 2014 será difícil manter o sistema operacional sem as atualizações e o suporte. Vale salientar que é preciso tomar alguns cuidados ao fazer um upgrade de sistema operacional. Confira algumas dicas do Baixaki no artigo “Windows 7: O que você precisa saber antes de migrar do XP para o Sete”.

Leave a Reply



Seu Comentário é bem vindo!
Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, ultilize o Formulário para contato.

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!